Desativar hibernação no Windows 7,8 e 10

A hibernação é um recurso útil salva o estado atual do seu computador para que você possa desligá-lo, ou seja, colocar para hibernar e continuar o trabalho mais tarde. Mas se você não usa ou não necessita de hibernar pode desativar esta função e liberar espaço no HD .

Quando usamos a função hibernar o computador salva todo o conteúdo presente na memória RAM do computador no disco rígido para que nenhum dado seja perdido, portanto, o sistema reserva um espaço no HD proporcional a quantidade de memória instalada no micro. Exemplificando, caso seu computador tenha 4 GB de RAM, é possivel liberar até 4 GB no HD.

Para os usuários de Ubuntu ou outra distro desativar vai ser muito útil porque a função hibernação atrapalha na montagem de partições ntfs no Ubuntu, impedindo sua montagem automática.

Para resolver faça assim:

A hibernação do Windows 10 e 8 não é diferente do Windows 7  e vem habilitada por padrao.

Presione a Tecla Windows + X e execute como Administrador o Prompt de comando.

Com o Prompt aberto digite:  powercfg -h off e pressione enter.

Agora a hibernação no Windows 8 esta desativada.

Este método funciona nas versões anteriores também. Essa é uma boa dica pra quem  quiser ganhar algum espaço em disco na partição do sistema operacional.

Usuário Linux

E finalmente outra excelente matéria do Olhar Digital.

Um número cada vez maior de pessoas adere ao sistema operacional
O Linux é um software livre, criado e desenvolvido por colaboradores espalhados por todo o mundo, e cujo código-fonte é aberto, ou seja, qualquer pessoa pode dar sua colaboração. Isso faz com que a plataforma se torne mais segura, já que os próprios hackers são os responsáveis pelos upgrades do sistema. Entre as versões do Linux, a mais indicada para usuários domésticos é a Ubuntu, que conta com um ambiente gráfico semelhante ao do Windows.

Link:
Ubuntu

Distribuições Linux

Outra excelente matéria do Olhar Digital.

Saiba quais são e o que oferecem as versões mais usadas pelos brasileiros
Quando o assunto é Linux, uma das dúvidas mais freqüentes é: “qual distribuição é a melhor?”. Bom, existem distribuições para os mais diversos fins, sendo que um usuário experiente é até capaz de montar sua própria distribuição, adicionando as funcionalidades que desejar. Escolhemos as seis versões mais usadas no Brasil – Fedora, OpenSuse, Mandriva, Kurumin, Débian e Ubúntu, para mostrar a vocês no Olhar Digital.