ANO NOVO PARA UM VELHO POVO

A mensagem abaixo foi retirada do blog “Notícias da Rua Judaica” do Jornalista Osias Wurman, é um belo texto que fala do ano novo Judaico. O link para o texto original está em :

www.ruajudaica.com

ANO NOVO PARA UM VELHO POVO

Entramos no final do mês de Elul pelo calendário hebraico. Trata-se do mês mais importante do ano pois celebraremos, ao seu final, o Rosh Hashana, o ano novo judaico de 5771, e também o Yom Kippur, o dia do perdão.

Neste mês é tradição desejarmos um feliz ano novo para todos. Neste período, cada um deve fazer um verdadeiro balanço do ano que passou, levando a credito as boas ações, e a debito os erros.

Ensinam nossos sábios que o arrependimento, as orações e a filantropia podem reverter os maus desígnios do destino.

É fácil concluir que em relação aos principais preceitos do judaísmo, como os Dez Mandamentos, erramos apenas suavemente. Na verdade, o maior perigo reside nos atos errados que praticamos e sequer sentimos que são erros.

Um exemplo claro está nas lições do grande sábio da Torah – o sábio e estudioso Chafetz Chaim.  Lashon Harah, a maledicência, ou falar mal dos outros, é algo que fazemos muitas vezes sem perceber e ignoramos o mal que isto pode provocar.

Em nossa boca temos a mais perigosa das armas de um ser humano, ou seja: a palavra. Para ferir alguém com uma arma é preciso que este alguém esteja em nossa frente ou em nossa direção. Através da difamação, ou Lashon Harah, podemos atingir alguém que está a quilômetros de distancia e até em outro país.

Ao refletirmos sobre os erros do ano que passou, devemos tentar lembrar a quem teríamos ofendido com palavras, ou simplesmente divulgando boatos e mentiras, procurando concertar os danos causados.

Em Rosh Hashana é fundamental concentrar o pensamento nas atitudes, procurando repetir as virtudes e eliminar as falhas.

Este ano, devemos ter em mente durante as orações e festividades, que um jovem judeu ainda está privado de sua tão preciosa liberdade.

Enquanto um só judeu estiver cativo, é como se todos nós judeus estivéssemos cativos!

Refiro-me a Guilad Shalit, o israelense que nesta semana completou seus 24 anos numa prisão do grupo terrorista Hamas, onde encontra-se há mais de 4 anos sem visitas, sequer da Cruz Vermelha.

Falar em paz é falar em respeito mútuo. È falar em humanismo. É falar em amor ao próximo.

Que este ano novo seja cheio de alegrias, saúde, paz e realizações pessoais, com muito orgulho de filhos e netos.

Que o mundo caminhe por avenidas mais largas onde também possam transitar os menos aquinhoados pelo destino.

Que possamos comemorar finalmente a paz justa e definitiva entre árabes e israelenses. Que possamos ter menos desemprego e mais justiça social em nosso Brasil.

Shanah Tovah ! Feliz 5771 !


Fonte desta notícia: www.ruajudaica.com

Reflexão

EINSTEIN (por ele mesmo)

“Algo só é impossível até que alguém duvide e prove o contrário. A maioria de nós prefere olhar para fora e não para dentro de si mesmo.”

“Ciência sem religião é manca. Religião sem ciência é cega.”

“A ciência nos afasta de Deus, mas a ciência pura nos aproxima de um criador.”

“Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito.”

“Eu não posso acreditar que Deus tenha escolhido jogar dados com o Universo.”
(Dando a entender que na sua opinião a Natureza não poderia operar através de leis estatísticas, tal como proposto na Teoria Quântica)

*********

Paz em varias crenças e religioes

HINDUÍSMO:

Não faças aos demais aquilo que não queres que seja feito a ti; e deseja também para o próximo aquilo que desejas e aspiras para ti mesmo. Esse é todo o Dharma, atenta bem para isso
(Mahabharata, apud. Rost, p.20; Campbell, p.52)

JUDAÍSMO:

Não faças a outrem o que abominas que se faça a ti. Eis toda a Torá. O resto é comentário
(Hillel, apud. Shclesinger & Porto, p.26; Rost, p.69)
Não te vingarás nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor
(Levítico 19:18)

ZOROASTRISMO:

Aquilo que é bom para qualquer um e para todos, para quem quer que seja – isso é bom para mim… O que julgo bom para mim mesmo, deverei desejar para todos. Só a Lei Universal é a verdadeira Lei
(Gathas, apud. Rost, p. 56)

BUDISMO:

Todos temem o sofrimento, e todos amam a vida. Recorda que tu também és igual a todos; faze de ti próprio a medida dos demais e, assim, abstém-te de causar-lhes dor
(Dhammapada, apud. Rost, p.39)

CRISTIANISMO:

Tudo aquilo, portanto, que quereis que os homens vos façam, fazei-o vós a eles, porque isto é a Lei e os Profetas
(Mateus 7:12)

O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei
(João 15:12)

ISLAMISMO:

Nenhum de vós é um verdadeiro crente a menos que deseje para seu irmão aquilo que deseja para si mesmo
(Hadith, apud. Rost, p. 103; Campbell, p.54)

Ó Filho do Homem! …se teus olhos estiverem volvidos para justiça, escolhe tu para teu próximo o que para ti próprio escolhes. Bem-aventurado quem prefere seu irmão a si próprio… tal homem figura entre o povo de Bahá’í
(Palavras do Paraíso; “Terceira” e “Décima” folhas do Paraíso)

WICCA:

Tudo o que você faz, seja positivo ou negativo, retorna para você três vezes mais
(Lei trina)

CONFUCIONISMO:

Não ordene a outros aquilo que você não quer que seja ordenado a você
(Anacletos 15:23)

JAINISMO:

Na felicidade e no sofrimento, na alegria e na tristeza, respeite todas as criaturas assim como respeita a si mesmo
(Lord Mahavir 24º Tirthankara)

ÍNDIOS NORTE-AMERICANOS:

Respeito por toda a vida é a fundação
(A grande lei da paz)

SIKHISMO:

Não esteja alienado dos outros, pois Deus mora em todos os corações
(Sri Guru Granth Sahib)

DEFICIÊNCIAS Mario Quintana

Quintana DEFICIÊNCIAS – Mario Quintana

(escritor gaúcho, 30/07/1906 – 05/05/1994 )

Deficiente é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as
imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
Louco é quem não procura ser feliz com o que possui.
Cego é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no     fim do mês.
Mudo é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
Paralítico é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.
Diabético é quem não consegue ser doce.
Anão é quem não sabe deixar o amor crescer.
E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:
Miseráveis são todos que não conseguem falar com Deus.
“A amizade é um amor que nunca morre. ”

NeVarieturQuintana

Desiderata

Desiderata

Ande placidamente entre o barulho e a pressa e lembre-se que a paz pode existir no silêncio. Mantenha-se em bons termos com todas as pessoas, tanto quanto possível sem render-se. Diga a sua verdade tranquila e claramente e ouça os outros, mesmo os obtusos e ignorantes, eles também tem a sua estória. Evite as pessoas ruidosas e agressivas sem vexações ao espírito. Se se comparar com outros poderá se tornar vaidoso e amargo, pois sempre haverá pessoas maiores e menores que você!

Desfrute das suas realizações como também dos seus planos,
Mantenha-se interessado na sua própria carreira por humilde que seja; é uma verdadeira posse nas mutações do destino.
Seja prudente nos seus negócios, pois o mundo está cheio de trapaças. Mas, não deixe isso tornar você cego à virtude; muitas pessoas lutam por altos ideais e em toda parte a vida está cheia de heroísmo.

Seja você mesmo. E sobretudo não finja afeição. Também não seja cínico a respeito do amor, pois acima de toda aridez e desencanto ele é tão perene como a relva. Recolhe mansamente o conselho dos anos, renunciando graciosamente as coisas da juventude. Nutra sua força espiritual para que o proteja na desgraça repentina. Porém, não se aflija com coisas imaginárias; muitos temores nascem da fadiga e da solidão. Junto a uma disciplina saudável, seja gentil consigo mesmo. Você é uma criatura do universo, não menos que as árvores e as estrelas. Você tem o direito de estar aqui, e seja evidente ou não para você, o universo sem dúvida se desenvolve como deve. Portanto, esteja em paz com Deus e quaisquer que sejam seus trabalhos e aspirações, mantenha-se em paz com a sua alma. Com todos os seus fingimentos, trabalhos e sonhos desfeitos, este continua sendo um mundo bonito.
Tome cuidado, esforce-se em ser feliz!

Igreja de Saint Paul,Baltimore, 1692

DESIDERATA – Do Latim Desideratu: Aquilo que se deseja, aspiração.
Este texto foi encontrado na escadaria da velha Igreja de Saint Paul, Baltimore, em 1692.
O texto é atribuído à Max Ehrmannn e foi registrado em 1927.

Uma Reflexão por Fecundo Cabral

bustodefecundocabral

Não estás deprimido, estás distraído …
…Distraído em relação à vida que te peenche,
Distraído em relação à vida que te rodeia,
Golfinhos, bosques, mares, montahas, rios.

Não caias como caiu teu irmão que sofre por um único ser humano,
quando existem cinco mil e seiscentos milhões no mundo. Além de tudo, não é assim tão ruim viver só.
Eu fico bem, decidindo a cada instante o que desejo fazer, e graças à solidão conheço-me…
o que é fundamental para viver.
Não faças o que fez teu pai, que se sente velho porque tem setenta anos,
e esquece que Moisés comandou o Êxodo aos oitenta e
Rubinstein interpretava Chopin com uma maestria sem igual aos noventa,
para citar apenas dois casos conhecidos

Não estás deprimido, estás distraído. Por isso acreditas que perdeste algo, o que é
impossível, porque tudo te foi dado. Não fizeste um só cabelo de tua cabeça,
portanto não és dono de coisa alguma.

Além disso, a vida não te tira coisas: te liberta de coisas… alivia-te para que possas voar mais alto,
para que alcances a plenitude.Do útero ao túmulo, vivemos numa escola;
por isso, o que chamas de problemas são apenas lições.
Não perdeste coisa alguma: Aquele que morre
apenas está adiantado em relação a nós,
porque todos vamos na mesma direção. E não esqueças, que o melhor dele,
o amor, continua vivo em teu coração.

Não existe a morte… Apenas a mudança.
E do outro lado te esperam pessoas maravilhosas:
Gandhi, o Arcanjo Miguel, Whitman, São Agostinho,
Madre Teresa, teu avô e minha mãe,
que acreditava que a pobreza está mais próxima do amor,
porque o dinheiro nos distrai com coisas demais, e nos machuca,
porque nos torna desconfiados.

Faz apenas o que amas e serás feliz. Aquele que faz o que ama,
está benditamente condenado ao sucesso, que chegará quando for a hora,
porque o que deve ser será, e chegará de forma natural.
Não faças coisa alguma por obrigação ou por compromisso,
apenas por amor. Então terás plenitude, e nessa plenitude tudo
é possível sem esforço, porque és movido pela força natural da
vida, a mesma que me ergueu quando caiu o avião que levava
minha mulher e minha filha; a mesma que me manteve vivo
quando os médicos me deram três ou quatro meses de vida.

Deus te tornou responsável por um ser humano, que és tu.
Deves trazer felicidade e liberdade para ti mesmo.
E só então poderás compartilhar a vida verdadeira com
todos os outros. Lembra-te : “Amarás ao próximo como a ti mesmo”.
Reconcilia-te contigo, coloca-te frente ao espelho e pensa que esta criatura
que vês, é uma obra de Deus, e decide neste exato momento ser
feliz, porque a felicidade é uma aquisição.

Aliás, a felicidade não é um direito, mas um dever;
porque se não fores feliz, estarás levando amargura
para todos os teus vizinhos. Um único homem que não
possuiu talento ou valor para viver, mandou matar seis
milhões de judeus, seus irmãos.

Existem tantas coisas para experimentar,
e a nossa passagem pela terra é tão curta, que sofrer é uma perda de tempo.
Podemos experimentar a neve no inverno e as
flores na primavera, o chocolate de Perusa, a baguette francesa, os tacos
mexicanos, o vinho chileno, os mares e os rios, o futebol dos brasileiros,
As Mil e Uma Noites, a Divina Comédia, Quixote, Pedro Páramo, os
boleros de Manzanero e as poesias de Whitman; a música de Mahler,
Mozart, Chopin, Beethoven; as pinturas de Caravaggio, Rembrandt,
Velázquez, Picasso e Tamayo, entre tantas maravilhas.

E se estás com câncer ou AIDS,
podem acontecer duas coisas, e ambas são positivas:
se a doença ganha, te liberta do corpo que é cheio de processos
(tenho fome, tenho frio, tenho sono, tenho vontades, tenho razão, tenho dúvidas)…
Se tu vences, serás mais humilde, mais agradecido… portanto, facilmente feliz,
livre do enorme peso da culpa, da responsabilidade e da
vaidade, disposto a viver cada instante profundamente, como deve ser.

Não estás deprimido, estás desocupado.
Ajuda a criança que precisa de ti, essa criança que será sócia do teu filho.
Ajuda os velhos e os jovens te ajudarão quando for tua vez.
Aliás, o serviço prestado é uma forma segura de ser feliz, como é
gostar da natureza e cuidar dela para aqueles que virão.
Dá sem medida, e receberás sem medida.
Ama até que te tornes o ser amado; mais ainda converte-te
no próprio Amor. E não te deixes enganar por alguns homicidas e suicidas.

O bem é maioria, mas não se percebe porque é silencioso.
Uma bomba faz mais barulho que uma caricia, porém, para cada
bomba que destrói há milhões de carícias que alimentam a vida. Vale a pena, ¿não é mesmo?.
Se Deus possuisse uma geladeira, teria a tua foto pregada nela. Se ele
possuisse uma carteira, tua foto estaria nela. Ele te envia flores a
cada primavera. Ele te envia um amanhecer a cada manhã. Cada vez
que desejas falar, Ele te escuta. Ele poderia viver em qualquer ponto do
Universo, mas escolheu o teu coração. Encara, amigo, ¡Éle está louco por ti!

Manda esta mensagem a cada “linda pessoa” que desejes abençoar.
Deus não te prometeu dias sem dor, riso sem tristeza, sol sem chuva,
porém Ele prometeu força para cada dia, consolo para as lágrimas, e luz para o caminho.
“Quando a vida te trouxer mil razões para chorar, mostra que tens mil e uma razões para sorrir”

Biografia:
http://www.facundocabral.info/biografia.html