Skip to content

Ubuntu mais veloz

26/08/2007

Sempre é bom dar um toque a mais em nosso pc de cada dia e melhor ainda se for para deixá-lo um pouco mais rápido,o que vem bem a calhar nesta época de tanto estresse,filas,trânsito,etc.

O artigo abaixo é apenas uma republicação,de sites citados ao final.Boa leitura.

O Ubuntu é uma distribuição do tipo instale-esqueça, em que usuário iniciantes em Linux podem ter um sistema open-source fácil de usar e capaz de realizar as mesmas coisas que já estão acostumados com sistemas proprietários. Mas existe alguns truques que podem ser feitos para melhorar a eficiência geral do sistema e que por motivos de compatibilidades não estão ativos após a instalação. Segue três itens interessantes sobre este aspecto:

Controle do SWAP

O Swap é feito toda vez que o sistema acredita que deva guardar no disco parte das informações da RAM para não ocupá-la inteiramente. Existe um forma de definir quão frequentemente o kernel deve realizar o swap, apesar de o assunto ser discutível.

Você pode descobrir o seu “swappiness” através do comando
sudo cat /proc/sys/vm/swappiness

Seu sistema deve ficar mais rápido se você diminuir este valor, através do comando
sudo sysctl -w vm.swappiness=10

Mas esta alteração não é permanente, para alterar permanentemente este parâmetro altere o arquivo /etc/sysctl.conf na opção vm.swappiness e mude para 10 (crie se não existir).

Removendo Terminais

Se você não usa muito os terminais do seu Ubuntu, você pode diminuir o numero dos mesmos para economizar memória. Para isso edite o arquivo /etc/inittab, procurando pela linha

2345:respawn:/sbin/getty 38400 tty1

Ela e as seguintes indicam cada um dos tty’s e você pode comentá-las com um # na frente da linha. Recomendo não remover o tty1 pois ele pode ser útil se algo de estranho ocorrer com o seu X.

Boot Concorrente

Como o Ubuntu foi criado para um sistema genérico ele não utiliza os outros (possivelmente existentes) processadores da máquina durante o processo de inicialização. Editando o arquivo /etc/init.d/rc trocando CONCURRENCY=none para CONCURRENCY=shell você muda o seu boot de normal para paralelo. Para ver se isto foi útil você pode usar o Bootchart

fonte : http://vidageek.net/2007/07/27/deixando-seu-ubuntu-mais-rapido/

Analisando o boot do Ubuntu com o Bootchart

O bootchart cria uma imagem PNG detalhando exatamente o que acontece na sua sequência de boot, mostrando quais processos estão carregando no momento. Com uma análise desse gráfico é possível identificar os gargalos e possivelmente resolve-los, melhorando assim o tempo de boot.

Para instalar o bootchart no Ubuntu, basta executar:
$ sudo apt-get install bootchart

Depois basta reiniciar a máquina para que o gráfico seja gerado e então vá até a pasta /var/log/bootchart e você encontrara o PNG gerado. Aqui está o Bootchart gerado pela minha máquina.A cada boot/reboot será gerado um arquivo como este abaixo

Fonte : http://vidageek.net/2007/07/21/analisando-o-boot-do-ubuntu-com-o-bootchart/

From → Linux

One Comment
  1. voyeg3r permalink

    Uma correção:
    O ubuntu não usa mais o /etc/inittab para controlar os terminais, usa para cada terminal um arquivo que fica em /etc/event.d

    para maiores detalhes acesse:
    http://linuxdicas.wikispaces.com/desempenho-ubuntu

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: